Recomeço


_ Você tem certeza de que é isso que você quer?
                
A pergunta ecoou na minha cabeça e despertou milhares de outras perguntas. Coisas que eu sequer teria coragem de externar. Como eu poderia ter certeza de qualquer coisa em dias assim?! Eu poderia acordar amanhã com um arrependimento irreparável, mas não era nisso que eu queria pensar.
            
“Dessa vez vai ser diferente, nós mudamos”, esse mantra é repetido vez ou outra, mas não é completamente verdade. A cada recomeço eu me sinto renovado somente para, pouco tempo depois, me sentir preso no mesmo ciclo novamente. Uma cilada, armadinha a qual eu me prendo de bom grado.
        
“Recomeço” será possível tal coisa?! Assim, eu continuo em silêncio, sem resposta diante do olhar inquisidor, a espera de qualquer resposta que lhe satisfaça. Fechei os olhos e balancei a cabeça de forma afirmativa pensando “que seja diferente, que seja diferente”.

Então eu proponho a nossa desconstrução. Não completamente, é claro. Mas daquilo que nos corrói, que nos deixa dependentes e inertes. O possível recomeço ou apenas o desembaraço de nossos erros, de nossas rotinas e de alguns velhos hábitos que da nossa essência fazem parte.

Vamos vender nossa casa e pegar nossos passaportes. Mudar de vida e cruzar a fronteira, me disseram que é lá onde os sonhos moram. Essa pode ser nossa história, esse pode ser nosso recomeço.

Leia também: Prelúdio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes para quem está solteiro no dia dos namorados

Eu te desejo o bem

Âncora