Deixe Chover

Nesses dias em que o céu parece desabar sobre Teresina nós ficamos revoltados quando falta energia, quando o moldem da internet queima e as ruas ficam intrafegáveis.


Eu estava em casa, no terraço, observei a chuva forte caindo sobre a cidade, uma verdadeira tempestade. Lembrei que quando eu era criança, essas eram as minhas favoritas. Sem pensar, lá estava eu pulando, correndo, dançando e até cantando na chuva. 

Fazia muito tempo que eu não me sentia tão feliz assim, gratuitamente. É engraçado que achamos banhar na chuva a melhor coisa do mundo quando somos crianças e proibidos de fazer isso. Quando temos idade o suficiente para fazermos isso quando bem entendemos desejamos que não chova.

A uma semana do meu aniversário, pareceu uma visita de um Lucas do passado, bem mais divertido e feliz. Me lembrou de todas as coisas que eu gostaria de ser quando crescer. O mundo hoje já não é o mesmo, eu não sou mais o mesmo e nem as coisas que eu gostaria de ser quando crescer, mas naquele momento eu só queria que a chuva caísse.

Queria poder sentir suas gotas escorrerem sem me preocupar. A chuva veio diferente pra mim, me trouxe algo diferente, que pode até parecer besteira, mas funcionou. 

E aqui estou eu, achando o tempo lindo com esse céu cinza e esse arco-íris ao fim. Sinto um sentimento de libertação, talvez todo mundo devesse banhar na chuva uma vez ou outra e lembrar-se de como era divertido. Deixe chover na sua vida.

Leia também: Contos de fadas

Comentários

  1. Ê Lukinha...
    Não me lembro de banho de chuva.. Mas eu adorava subir na goiabeira e tbm no telhado kkkkkkkkkkkk
    Eu também era feliz naquela época, sem preocupação nenhuma em seguir padrões da sociedade do tipo: com tantos anos vc tem que estar na universidade, com tal idade vc tem que perder a virgindade, se vc não tiver alguém até tal idade, vai ser tachado(a)de solteirão(ona)
    AFF! Não sei por que quando crianças temos tanta pressa de crescer, iludidos por uma pseudo-liberdade que a maturidade traz.

    ResponderExcluir
  2. aaaaaaaaaaaaa
    reviver o passado em que um simples "banho de chuva" é perigoso, e que hoje em dia "nem é mais".
    adorei relembrar, vou tentar um dia desses, só que voluntariamente.
    e a parte do céu cinza e do arco-íris, foi uma referência?
    Eu ri alto nessa parte. hauhauhauhaua

    ResponderExcluir
  3. Realmente, quando somos criança somos proibidos de fazer as coisas mais simples da vida, como no caso um banho de chuva... E depois, quando adultos, não damos valor a essas pequenas coisas que nos tornam completos e felizes.

    Belo post.
    Bom final de semana.
    Abraços,
    enchantedlifeway.

    ResponderExcluir
  4. Este texto me fez lembrar os versos daquela música do Biquíni Cavadão: "Chove chuva, chove sem parar..." HAHAHA!
    Não há coisa mais simples e adorável que um banho de chuva.
    Adorei, Lucas.

    Abraços do @poemasavulsos.

    ResponderExcluir
  5. lucas lembro de como vc era criativo, inventava as melhores brincadeiras, nossa infância foi perfeita.

    ResponderExcluir

Postar um comentário