Contos de Fadas

Cinderela é a moça no caixa do supermercado, a bela adormecida está sob forte medicação depois de uma depressão, Rapunzel sucumbiu ao calor e aderiu a um corte chanel.


Era uma vez em uma terra quente, onde todas as noites são de verão. Os cupidos são pessoas metidas que aproximam e separam as pessoas por pura diversão. Com mais de um milhão de pessoas nessa cidade por que parece que estamos sempre vivendo os mesmos casos com as mesmas pessoas?!

A ideia de um príncipe ou princesa por pessoa é aterrorizante. Mas o que está acontecendo?! Alguma bruxa má lançou algum feitiço?! Então já está na hora da fada madrinha aparecer para resgatar a noite, um encontro inesperado na balada, digo, no baile, uma conversa empolgada, um beijo com gosto de quero mais.

E se a carruagem virar uma abóbora que apareça um cavalo branco ou um tapete mágico, quem sabe uma lâmpada?! Esfregue bem e peça por sapatos de dança vermelhos, dance até amanhecer na pista de dança de tijolos amarelos então bata os calcanhares três vezes dizendo: não existe lugar como o lar e no fim seja feliz para sempre, ou melhor, seja feliz sempre que você quiser.

Leia também: Onde está o Lucas?

Comentários

  1. Contos de fada [Gay]
    ri demais ó
    xD

    ResponderExcluir
  2. texto que retrata realidade com palavras forte (:
    gostei
    http://psicoticos-anonimos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. ai ai ai me identifiquei horrores com a bela adormecidaaa !! kkkkkkkkk
    e ri demias também.. bom, muito bom...


    Amigas de Eva

    ResponderExcluir
  4. shauhsuahsua
    eu ri
    massa o post!

    http://edducamargo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Você misturou vários contos de fada e ainda deu a eles um leve toque de humor. Gostei bastante, Lucas.

    Abraços do @poemasavulsos.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do jogo que fez com os personagens. Muito bom!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ben, filho do Ross de Friends, se forma na Universidade de NY

Amizade virtual x Amizade real

O Palhaço Fulermino

O preço da prostituição