Quem sou eu e qual meu lugar?

Desde que passei a fazer uso da razão, sempre busquei coisas para me achar e descobrir onde seria o meu lugar nessa grande busca que é a vida. No meio da estrada, me perdi algumas vezes, mais do que já estava, e encontrei coisas que eu não sabia que procurava.


Tem gente que nunca descobre de fato quem realmente é, e isso realmente importa? Aos vinte anos, recebi o presente: Não sei quem eu sou e talvez nunca saiba, mas eu estou feliz em ser essa pessoa e o meu lugar é onde quer que eu esteja. 

Então me perguntaram o porquê de tanta satisfação, e se isso era porque eu estava apaixonado, e eu respondi que estou apaixonado pela vida, piegas eu sei. Uma vez que você chega aqui, você está pronto para ir para qualquer lugar e ser quem você quiser ser.

É importante que você tenha sempre sede de mudança, mas também saiba admirar certas coisas pelo que elas são, como sua personalidade e seu espaço.

Leia também: A tal de dor cotovelo

Comentários

  1. O negocio é viver e ser feliz. Existem perguntas que não tem resposta.

    ResponderExcluir
  2. Olá Lucas.

    Visitando seu blog. Achei bacana demais
    estou te seguindo aqui rapaz

    abraçoss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ben, filho do Ross de Friends, se forma na Universidade de NY

Amizade virtual x Amizade real

O Palhaço Fulermino

O preço da prostituição