Um ponto final

Eu não te amo mais. Não estou dizendo isso para te magoar ou causar qualquer reação, até porque sei que não causaria. Muito tempo se passou e eu pensei muito de lá para cá. Não que eu tenha pensado sobre "nós" o tempo todo, mas de vez em quando, durante a nova rotina, a nova vida, o pensamento voltava para "a gente", para como as coisas tinha ficado.


Aliás, como elas ficaram mesmo?! Nos encontramos várias vezes depois que tudo terminou e tivemos nossas conversas, pegamos nossos pertences, discutimos, fomos cordiais, então sumimos. Você não se separa de alguém para passar tempo com ele. No início, você quer total distância. Mas depois a poeira baixou, eu lembrei que em alguma época tínhamos sidos felizes um com o outro, que durante algum tempo, fomos testemunhas oculares de momentos marcantes um na vida do outro.

Mas de repente tudo isso já não fazia mais sentido. Qualquer conexão entre nós foi desfeita. Não havia sequer um rastro que pudesse levar a qualquer tipo de zona de convergência. Sei que as coisas entre nós não são justas. Sei também que já passou da hora de apontar dedos. Quem teria coragem, ou vontade, de levantar uma bandeira branca e acabar com esse conflito não-existente?!

Isso importa?! A maioria dos dias não, é como um episódio da vida que se passou há tanto tempo que não há sentido em fazer qualquer tipo de referência. Mas existem dias como hoje, em que tudo isso parece uma questão de prendimento desnecessário, que falta algo para deixar qualquer amarra negativa que tenha ficado, já que as positivas foram as primeiras a se soltarem.

Porque rio abaixo, remar assim, parece remar em círculos, sem conseguir chegar ao próximo destino, fazendo muita confusão na água, de forma absolutamente desnecessária. Nesses momentos eu realmente anseio por aquele ponto final que parece não ter sido escrito.

O texto eu sei que acabou, mas sendo um louco por pontuação (apesar de nem sempre saber usa-la), eu não poderia deixar de pedir esse ponto, para marcar, finalmente, o fim de qualquer período, e o fim, absoluto, de qualquer coisa que tenha restado, por menor que seja. Então, fim. Enfim o autor redige o ponto final.

Leia também: Resgate em #Tormenta

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Escolha perfeita

Ben, filho do Ross de Friends, se forma na Universidade de NY