O que há de errado comigo?

O que há de errado comigo quando eu não consigo retribuir o seu amor? Quando dentro de mim existe tanto amor, mas eu não consigo deixar você entrar? Tudo que eu quero é sentir a ponta dos seus dedos em meus lábios enquanto a chuva começa a cair sobre nós.


Por favor, tenha paciência comigo, me abrace quando fizer frio, mas me deixar rolar para o outro lado da cama quando o calor vier no meio da noite. Às vezes eu preciso sair um pouco para respirar, às vezes eu quero ficar sozinho e refletir comigo mesmo sobre como tudo está diferente desde que você chegou.

Me dá um tempo para que eu sinta a sua falta, é que eu preciso pensar muito antes de pular, dentro de mim há um impulso hesitante, mas se alguém é capaz de vencer esse boicote, esse alguém é você.

Você diz que eu sou como um bicho selvagem e que seu amor vai me domesticar. Que eu, arisco, rejeito seu abraço caloroso. Mas tudo que eu quero é sentir seu beijo quente e você me amando como eu nunca fui amado antes.


Meu silêncio te intriga, porque eu nunca te disse o que eu quero, o que eu sinto. Me dê tempo, me deixe correr livre, uma hora eu acho meu caminho de volta.


Leia também: Sempre te amarei

Comentários