O tamanho do sapo

Quando você está estressado parece que o mundo inteiro está de palhaçada com você. É sua mãe, seu pai, seu irmão ou irmã (quem sabe os dois), seu namorado(a), seu chefe e a mulher que lhe passa o troco errado.


Outro dia eu estava lendo um desses artigos que você acaba encontrando navegando na internet. O artigo falava sobre pessoas, tipo você e eu, que sempre entendem e compreendem as outras e que para evitar confusão vão lá e fazem o que é preciso ser feito mesmo não querendo fazer e que passam uma vida inteira engolindo sapo.

E o que acontece com essas pessoas maravilhosas que fazem a terra rodar um pouco menos conflituosa?! Bem...elas têm câncer. Isso mesmo, não é insonia, não é resfriado, é câncer.

Aparentemente guardar stress para não descontar nas pessoas que você ama leva a isso. Daí aquele velho clichê: "coloque pra fora". Eu acredito que você deva esperar a raiva passar pra colocar pra fora já que dizemos coisas absurdas tomados pela raiva.

Eu, por exemplo, em um momento de stress poderia dizer pra todos irem para o raio que os parta e depois, um pouco mais calmo, ter que ficar me desculpando por isso. Constantemente penso comigo mesmo "você deve estar brincando comigo!" e aparentemente levar esse tipo de coisa na brincadeira, para não estressar e ter câncer, leva você a ser uma pessoa debochada e irônica que todo mundo odeia.

Não se engane, todo mundo engole sapos, só tenha cuidado para não tentar engolir um sapo grande demais e acabar morrendo engasgado... ou de câncer.

Leia também: Queijo e goiabada

Comentários

  1. Nossa, quanta revolta, Lucas! Muito expressivo seu texto!

    Abraços do @poemasavulsos.

    ResponderExcluir
  2. Eu sabia que colocar sapo na dieta não fazia bem a saúde, mas câncer? Muito obrigado pelo informativo, é como dizem mesmo: "bonzinho só se F*&%$".

    ResponderExcluir

Postar um comentário