Violino, o melhor amigo do homem

(Available in English at the bottom)

Só Deus e os idosos sabem os anseios da terceira idade. E só Seu José Mendes, de 69 anos, sabe o sofrimento que carrega sob sua pele já enrugada. Uma certeza todos temos: Na via, existem obstáculos. Mas apenas alguns de nós descobrimos que esses entraves, às vezes, nos afastam até de quem nós somos.

É preciso voltar uns cinquenta anos para contar essa história, de um jovem estudante que amava música. Já dizia o filósofo Nietzsche “Sem música, a vida seria um erro”. Então esse jovem foi estudar essa arte que alegra os ouvidos.

Anos mais tarde se tornou professor, dando aula de violino na escola de música de Teresina. Viveu tanto a música que esqueceu de viver a vida, não se casou, não teve filhos, mas fez muitos amigos, alguém ousa duvidar que ele foi feliz?


Música e os amigos são ingredientes certos na receita da felicidade. No entanto, o caminho é feito de altos e baixos e no meio dele o professor de violino encontrou uma paixão unilateral, dessas relações que sugam a vida da gente e nos afastam das coisas boas, como a música e os amigos.

A boêmia o apresentou a bebida e Seu José Mendes ficou perdidamente apaixonado, se perdeu tanto que deixou de ser o “Professor Mendes”, deixou de ter contato com os amigos, inclusive com o melhor amigo, o violino.

Desorientado, o idoso acordou em uma enfermaria, lhe disseram que foi encontrado desacordado na rua, todo sujo, com barba e cabelos grandes, desidratado e precisando de cuidados.
Mas o pior não havia passado, um mês depois, já bem cuidado, ele não poderia sair do hospital sozinho e também não poderia ser encaminhado para um asilo, pois não possuía documentação. Uma assistente social encontrou uma declaração de imposto de renda com o nome dele e pediu a um canal de televisão que divulgasse a história dele, para que parentes ou amigos viessem ajudá-lo.

A reposta foi estrondosa, muitos conheciam o “Professor Mendes”, muitos tinham histórias para contar sobre ele e no hospital, Seu Mendes poderia escolher com quem iria para casa. Resgatado da situação em que estava, começou até a sonhar no seu reencontro com um velho amigo, o violino.

Leia também: "Eu te amo Waylla" #Personagens

***
Violin, man's best friend

Only God and the elderly know the wishes of the Third Age. Only Mr. José Mendes, 69, knows the suffering that carry under your skin already wrinkled. A sure we all have: In the path, there are obstacles. Only a few of us found out that these barriers, sometimes, keep us away from who we are.

You need to go back fifty years to know the story of a young student who loved music. Nietzsche said, "Without music, life would be a mistake". This young man was studying the art that delights the ears.

Years later, he became a teacher, giving violin class at Teresina's Music School. He lived the music so intensely that forgot to live life. Not married, had no children, but made many friends, someone dares to doubt that he was happy?


Music and friends are certain ingredients in the recipe of happiness. However, the path is made of ups and downs. On his way, the violin teacher finds a unilateral passion, one of these relationships that suck the life out of us and keep us away from the good things, like music and friends

The bohemian life introduced him to the drink. Mr. José Mendes was madly in love, and lost his way so much that is no longer the "Professor Mendes" no longer has contact with friends, including his best friend, the violin.

Disoriented, the elder woke in the hospital; he was told that was found unconscious in the street, all dirty, with beard and big hair, dehydrated and in need of care.
Nevertheless, the worst was not past, a month later; he could not leave the hospital alone and could not be sent to an asylum because he had no documentation. A social worker found an income tax with his name and asked a television channel who divulged his story so that relatives or friends to come help him.

The answer was booming, many knew the "Professor Mendes" many people had stories to tell about it, and at the hospital, Mr. Mendes could choose who would go home. Rescued the situation he was in, he began to dream in his reunion with an old friend, the violin.


***

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes para quem está solteiro no dia dos namorados

Eu te desejo o bem

Sem medo