Melhor presente

Há 26 anos, em uma noite do dia 20 de abril de 1989, um bebê nasceu. A ele deram o nome de Lucas, mas com o passar dos anos amigos e familiares pegaram o costume de chamá-lo de "Luquinha". Foi uma criança inocente, tinha um mundo só seu, até que conheceu a realidade, desde então divide seu tempo entre os dois.


De lá para cá, aos trancos e barrancos, começou a ter uma vaga ideia do que é viver. E sabe a vida? Não há o que reclamar dela. Mesmo quando a gente pensa que perdeu, mais na frente a gente descobre que ganhou. Eu sempre fui de planejar, mas os planos quase sempre não saem como o planejado.

Ainda bem, muito do que eu achava que queria hoje eu descobri que não quero mais. Ainda tenho medo do desconhecido, mas ele me atrai. Quero mergulhar nele e tentar conhecer tudo que puder. Minha vida anda é longe de ser perfeita, eu ando muito mais longe de ser perfeito, mas minha vida é boa e eu tento sempre ser uma boa pessoa.

E o melhor de tudo é que Deus me abençoou com saúde e me cercou de gente do bem, que me ama de verdade. Gente que comemora o fato de eu ter nascido. Queria só dizer que meu melhor presente é ter vocês na minha vida.

Comentários