Maratona do Oscar parte 3: O Grande Hotel Budapeste

Dando continuidade à nossa maratona, decidimos assistir O Grande Hotel Budapeste, que junto com"Birdman", lidera as indicações ao Oscar 2015. Cada um concorre em nove categorias.

Essa  comédia, escrita e dirigida por Wes Anderson, acontece no período entre as duas guerras mundiais. O personagem principal, o famoso gerente de um hotel europeu, conhece um jovem empregado e os dois tornam-se melhores amigos.

Entre as aventuras vividas pelos dois, constam o roubo de um famoso quadro do Renascimento, a batalha pela grande fortuna de uma família e as transformações históricas durante a primeira metade do século XX.
O Grande Hotel Budapeste não é um filme que vai fazer você bolar de tanto rir, mas sem dúvida é um filme engraçado, divertido e que merece lugar na premiação mais importante do cinema.

Ralph Fiennes, que vive o gerente Monsieur Gustave H, está ótimo no papel, e com um parceiro de peso, o jovem Tony Revolori que encarna o personagem de Zero Moustafa. Pode-se dizer que o filme tem um grande elenco, nomes como Adrien Brody, Edward Norton e Jude Law fazem parte do longa.
O filme está concorrendo nas categorias de Melhor filme, Melhor diretor, Melhor roteiro original, Melhor montagem, Melhor figurino, Melhor maquiagem e penteados, Melhor fotografia, Melhor direção de arte e Melhor banda sonora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes para quem está solteiro no dia dos namorados

Eu te desejo o bem

Âncora