Sobre as preocupações do candidato Levy Fidelix

Sobre as preocupações do candidato à Presidência Levy Fidelix (PRTB) com relação a os motivos pelos quais os que defendem a família “se recusam a reconhecer como família um casal do mesmo sexo”:

- Com cerca de 7,2 bilhões de pessoas no mundo, "ausência de reprodução" não é um problema, pelo contrário, é solução contra a fome e o esgotamento de recursos naturais.

- Reprodução não é vantagem quando: 

a) 3,7 milhões de crianças brasileiras são órfãs (dados da Unicef). Na Índia 25 milhões, na China 20 milhões, na Nigéria 8,6 milhões, na Indonésia 5,3 milhões, Etiópia 4,6 milhões e Bangladesh 4,4 milhões de órfãos.
  
b) De acordo com dados da SDH (Secretaria de Direitos Humanos) existem 170 mil denúncias de casos de violência contra crianças e adolescentes no Brasil (cerca de 53% do total) em que pais e mães são os principais acusados, só em 2013.

Então, candidato, vá se preocupar em acabar com a fome, em cuidar dos órfãos e garantir a segurança das milhares de crianças que fazem parte da dita "família tradicional".

Sexo e sexualidade não definem caráter e muito menos garantem amor ao próximo. Existem milhões de pais e mães ("tradicionais") que são excelentes na criação de seus filhos, mas é assustadora a quantidade de crianças que sofre violência de seus genitores ou que foram abandonadas por eles. Enquanto isso, casais do mesmo sexo (que "não podem" se reproduzir) estão ai, cheios de amor pra dar.

Foto do fotógrafo sul-africano Kevin Carter vencedora do prêmio Pulitzer de 1994 para melhor fotografia. Nas planícies desérticas do Sudão, na África, local de imensa tragédia da fome causada pela guerra civil, Carter deparou-se com uma menina, que rastejava em direção a um distante posto de alimentação, enquanto era observada por um abutre. Não se sabe o que aconteceu à menina, abandonada à sua sorte. Sabe-se que milhares já morreram de fome no Sudão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes para quem está solteiro no dia dos namorados

Eu te desejo o bem

Sem medo