Igreja São Benedito completa 140 anos

Desde criança admiro essa obra arquitetônica, pensava que um dia ia me casar nela. Lembro-me das vezes em que ouvi os sinos tocarem e em como eu achava isso poético. Tive a oportunidade de fazer uma matéria sobre o aniversário da Igreja São Benedito para o Cidadeverde.com e reviver tudo isso.

Igreja São Benedito: 140 anos de história


Em 1874, foi lançada a pedra fundamental da construção do templo, no local onde, à época, era denominado "Alto da Jurubeba", um lugar de devoção e onde se enterravam os desvalidos, excluídos do cemitério oficial, assassinados, suicidados e negros cativos.




Em uma época de segregação social e extrema pobreza, os negros catolicizados tinham interesse de construir uma igreja para seu padroeiro, São Benedito de São Philadelpho, um santo mouro italiano.



O arquiteto da Igreja de São Benedito foi frei Serafim de Catânia (Itália), a igreja foi construída em regime de mutirão, tendo durado 12 anos.

Em 3 de junho de 1886, foi realizada a primeira consagração, celebrada por Dom Antônio Cândido de Alvarenga, mas a obra ainda não estava totalmente concluída, a população mais uma vez se mobilizou para obter recursos para realização dos trabalhos complementares.

Um coração aberto no centro da cidade



A igreja São Benedito já foi local de muitas celebrações importantes na vida dos teresinenses, batizados, primeiras eucaristias, crismas, missas de formatura e casamentos são realizados constantemente na igreja. Seu lema é "Um coração aberto no centro da cidade", pois suas sete portas estão sempre abertas para os teresinenses.



Por sua localização e sua imponência, a obra contempla o centro de Teresina do alto, a igreja é visível no dia a dia daqueles que transitam o centro da cidade, não só visível, como audível, os sinos da igreja fazem parte da rotina das pessoas, tocando sempre ás 6h, ao meio dia e ás 18h.

Dos seis sinos da igreja, dois são originais, de 1911, e os outros quatro, de 1980, foram tocados pela primeira vez com a chegada do papa João Paulo II em 8 de junho de 1980.



"Frequento a igreja São Benedito desde criança, ela é tudo pra mim, faz parte da minha história, fui batizada aqui, minha primeira comunhão foi aqui, depois morei alguns anos fora, mas sempre sentia falta, até que voltei a morar em Teresina e agora venho visita-la com frequência", se emociona a professora Maria do Amparo Camelo Alves, membro da paróquia.

Texto e fotos por Lucas Marreiros
Leia a matéria na íntegra no Cidadeverde.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes para quem está solteiro no dia dos namorados

Eu te desejo o bem

Âncora