Ou você escreve ou você morre

Quando eu entrei no curso de Jornalismo eu imaginei que iria ser uma coisa. Pensei que iria escrever bem mais, aconteceu o contrário e desde então eu estava vivenciando um bloqueio criativo. Então que em uma das disciplinas, vale a pena dizer que é a mais importante, eu tinha que fazer um trabalho no qual eu precisaria escrever muito. Tive a oportunidade de "publicar" dois textos opinativos nesse trabalho.Então me veio a cabeça que se eu me forçasse, talvez, nunca precisaria ter parado de escrever e consequentemente de publicar aqui. São muitas as coisas que no dia-a-dia fazemos e sequer gostamos de fazer. Mas continuamos essa rotina e esquecemos de fazer o que realmente gostamos. A questão é que você precisa mesmo lutar para não deixar de fazer essas coisas ou parte de você desaparece, a parte mais importante. Foi o ato de escrever que fez de mim o que sou hoje e este ato que me modifica e me torna alguém melhor e eu pretendo continuar nesse caminho enquanto houver palavras. Aguardem nova postagem na próxima quarta-feira.

Comentários

  1. Acabo de ver seu link no Blogosfera. Sou estudante de Letras e também já passei por um bloqueio assim. Estou te seguindo. Segue-me: http://simpleseeinefavel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes para quem está solteiro no dia dos namorados

Eu te desejo o bem

Sem medo