Teresina vence!

Voltei da minha ultima viagem a Fortaleza com uma passagem apenas de ida para Fortaleza nas mãos. Pro caso das coisas ficarem muito feias pra mim em Teresina eu já ter um lugar reservado no bote salva-vidas que me salvaria da minha vida naufragante. Isso foi em fevereiro e desde então já arrumei as malas com todas as roupas do guarda-roupa umas duas vezes e disse pra mim mesmo: “você vai pra Fortaleza, tudo vai se resolver lá” Mas algo me prendia, um dia cheguei inclusive a ir até ao aeroporto de mala e cuia e perguntar o próximo voo, ia demorar um pouco então eu me sentei sobre uma das malas, eu estava um caco, e fiquei lá tentando ler um livro, mas eu não conseguia me concentrar, pra mim o relógio tinha parado e a hora que eu esperava nunca ia chegar, eu havia saído de casa deixando apenas um bilhete “fui para Fortaleza, ligo quando chegar” Meia hora depois de ter chegado ao aeroporto eu voltei, de mala e cuia para casa, deixei tudo amontoado no meu quarto e dormi umas doze horas naquele dia e me sentia fora de controle pelo que tinha feito. Passado algum tempo e eu parei de sequer pensar em Fortaleza, depois de dias sem sequer sair de casa somente para passear por Teresina ontem eu resolvi sair, passei de carro pela UFPI, pela ponte estaiada, pela zona norte, pelo centro, vi um prédio que eu adoro na Praça João Luís, Frei Serafim, fui a um shopping e depois finalmente fui jantar com a minha família em um sushi no nosso antigo bairro, na zona sul. O que não me ocorria dias atrás hoje me ocorreu enquanto eu estava banhando, eu não estou pronto pra sair de Teresina ainda, tenho que enfrentar alguns antigos fantasmas ainda, vencer alguns velhos medos e viver algumas alegrias pra depois deixar que o vento do mundo me leve pra qualquer outro lugar. Na questão Teresina versus minha insegurança a vitória foi deferida a Teresina.

Comentários

  1. Hmmmm... Fiquei com a sensação de que tem mais coisa por trás disso. HAHAHA!!
    Ponha pra fora seus segredos ! HAHAHA!
    Brincando, mas se quiser se abrir, vou adorar saber.
    Amo histórias de vida!!
    Abraço!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ben, filho do Ross de Friends, se forma na Universidade de NY

O Palhaço Fulermino

O preço da prostituição

Amizade virtual x Amizade real