Festa


_Já sei!
_O que?
_Eu vou dar uma festa!
_Mas você está duro, eu estou duro, todo mundo está duro!
_As festas com baixo orçamento são as melhores, a criatividade entra em cena.
_Eu quero só vê.
E foi assim, começaram as folhas de cadernos em branco a serem riscadas com nomes, números, ideias... As coisas não estavam bem já havia algum tempo e a ideia da festa tinha mudado alguma coisa nisso. Todo anfitrião que se prese precisa suar na organização da festa.
_E ainda assim você não vai agradar todo mundo.
_Não importa.
_Tem sempre um que não gosta daquela música, que só bebe a única bebida que não tem.
_Não importa.
Balões espalhados por todos os lados, “nós não estamos um pouco velhos para festas com balões?” “Não importa!” Uma quantidade alarmante de bebida, uma mesa com tudo que tinha na despensa: dois petiscos de presunto, um pacote de batatas fritas e dois pacotes de macarrão instantâneos. Os cd's eram dos anos 90, mas de novo não importava. A festa começaria as nove horas, as pessoas começaram a chegar meia noite e ocupavam qualquer coisa na qual pudessem se sentar, isso não duraria muito, pelo menos não até a bebida surtir efeito. Muitos dançaram, muitos sorriram, alguns beijaram na boca, alguns foram direto pro motel depois da festa e o anfitrião ficou sentado no sofá com um sorriso no rosto diante de uma bagunça épica.
_O que foi?
_Eu dei a melhor festa de todos os tempos.

Comentários

  1. Que festa!
    É realmente o ó quando vc vai pra uma festa e a coisa mais interessante a fazer é comer salgadinhos e tomar refri.
    Então o fato de ter pouca comida obriga os convidados a procurar outros entretenimentos rss
    E se todo mundo se divertiu, foi sim A MELHOR FESTA de todas! hahahahaha
    Abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Filmes para quem está solteiro no dia dos namorados

Eu te desejo o bem

Âncora