Meu hobby é contar.

Chamo-me Mário, 5 letras, tenho 28 anos, 5 meses e 7 dias de vida. As pessoas tendem a me achar estranho no começo mais, mas talvez elas estejam apenas esquecendo que no fundo todos somos estranhos uns aos outros. Eu vivo de números, sou contador. Hoje fazem 27 dias, 9 horas e 24 segundos que minha namorada terminou comigo. Aos poucos eu começo a me acostumar com a vida de solteiro: 16 transas só por transar, 43 cervejas, 65 cigarros e 15 doses de mangueira que equivalem a 99% do motivo pelas 16 transas só por transar.
_Velho nós temos que tomar alguma coisa depois do trabalho __ Depois que você fica solteiro é impressionante o número de pessoas que te chamam pra sair é como se fosse uma sociedade secreta que todos querem te ver dentro, este é o convite número 38, feito por Igor um colega de trabalho. Depois do trabalho vou tomar a minha 45ª cerveja, isso mesmo a 44ª eu bebi durante o expediente e é ai que eu começo a achar que tenho um problema.
_Boa noite princesa_ Quando eu achava que ninguém mais chamava pessoas do sexo feminino de princesa o Igor me aparece com essa. A mulher naturalmente olha Igor indiferente, olha pra mim e... 57º olhar de flerte que eu recebo esse ano.
_Boa noite, me apresenta seu amigo_ Desculpa, Igor mais eu acho que essa é a 17ª transa só por transar, será que eles vendem mangueira por aqui?!
Papo vai e conversa vem depois de 3 silêncios constrangedores o mar tá pra peixe o nome dela é Verônica, o nome não me agradou muito no começo mais depois eu acostumei.A Verônica ja foi no banheiro 8 vezes o que significa que ela está super afim, tá indo retocar a maquiagem o tempo todo.
_Então, eu sou colunista... _A conta, por favor, a mulher ganha dinheiro pra falar da vida dos outros.__... Escrevo sobre comportamento.__Ok, 348ª bola fora do ano.
Chega a hora da verdade, já pagamos a conta e eu pergunto se a Verônica quer carona.
_Obrigada, mais eu estou de carro. Posso ir até a sua casa pra agente tomar uma saidera._Me saiu melhor que a encomenda. Quando eu acordei no outro dia a Verônica já tinha ido, deixou um cartão com o telefone em cima da mesa mais eu não vou ligar, depois do meu ultimo namoro eu quero ficar sozinho por um tempo. Afinal eu passei 1 ano, 2 meses e 6 dias com uma pessoa que foi incapaz de me aceitar como eu sou, talvez eu seja um pouco doido mesmo mais quem não é?! Talvez a minha loucura seja mais visível que a de alguns porque eu não tenho problema com ela mais isso não faz de mim alguém que não possa amar e ser amado.
“Para mim, estranha mesmo é a gente tida como normal. Não é bizarro alguém em casa lavando pratos?” (Jane Campion)

Comentários

  1. A-d-o-r-e-i...hauhauahuahuha....esse cara é noiado,boto é fé!kkk!!

    ResponderExcluir
  2. Com certeza vou querer acompanhar.
    Sabe,nunca achei graça em pessoas normais,por isso é que eu considero o termo "normal" como louco. O norm la para mim é ter uma certa loucura...claro,sem muito exagero,mas quem não é doido ou se finge de doido nem ao menos uma vez na vida não consegue encontrar a felicidade. É preciso não levar a vida tão a sério,porque se levarmos a vida tão a sério vamos acabar caindo na mesmice da rotina. Não é isso que queremos. Ser louco é sewr único,é desconhecer a linguagem dos humanos...é conhecer a linguagem dos pensamentos,juntamente com a dos sentimentos. Ser doido e reconhecer é melhor ainda, podemos considerar até um privilégio. Ser louco e admitir só quer dizer que temos total consciência do quão loucos somos,o que mostra que somos loucos doidos,mas loucos felizes e absolutamente normais,se definidos normais pelo conceito dos loucos. Mas isso tudo é muito relativo. Ser louco na verdade não seria ser diferente? As pessoas nos acham loucos porque temos manias diferentes das delas,porque nem todo compreendem que coisas idiotas não nos fazem felizes do mesmo jeito que fazem pessoas idiotas felizes. Ser louco é saber rir de situações difíceis,sabendo sair dela sem se irritar. É preciso ter um bom senso d ehumor se quisermos viver em paz. Levar tudo e todos a sério só faz com que a gente absorva as manias dos outros,aumentando o tamanho da nossa loucura.

    ResponderExcluir
  3. Ao ler o teu texto, eu me lembrei de cara do livro "O Homem que Calculava" do Malba Tahan. Já leste? Se ainda não, super recomendo!!! Acho que vais gostar, tem bem a ver com este teu hobby
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. Kkkk
    o homem números
    essa foi muito boa
    adorei

    abraço

    ResponderExcluir
  5. gostei *-* vou querer acompanhar haha...

    ResponderExcluir
  6. Cara...sério você conseguiu me prender na frente do pc... coisa muito rara nos blogs que eu visito por aí..

    To até salvando esse site nos meus favoritos pra acompanhar tuas histórias...


    visita ae qq hora:
    http://catalepsiaprodutiva.blogspot.com/

    Aquele abraço

    ResponderExcluir
  7. Cara, eh por isso q eu sou seu fã! Vc eh doente! uahsuahusha! vou acompanhar!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ben, filho do Ross de Friends, se forma na Universidade de NY

O Palhaço Fulermino

O preço da prostituição

Amizade virtual x Amizade real